14 de abr de 2010

TESTE DO PEZINHO



O Teste do Pezinho identifica doenças que, se não tratadas precocemente, podem levar à deficiência mental e causar outros prejuízos à qualidade de vida.
O exame deve ser realizado na primeira semana de vida da criança. A coleta deve ser feita depois de 48 horas do nascimento.
Um resultado positivo no Teste do Pezinho significa que deverão ser iniciados os procedimentos de orientação e tratamento para impedir que a doença se manifeste.


Números significativos sobre a prevenção:

Responsável pela triagem neonatal de 300 mil crianças anualmente, através do conhecido Teste do Pezinho, o Laboratório APAE de São Paulo tem identificado aproximadamente 800 crianças por ano, que poderiam ter a sua qualidade de vida completamente prejudicada se não fossem tratadas. O tratamento adequado pode proporcionar a essas crianças uma vida saudável.
O Laboratório APAE de São Paulo, pioneiro na implantação do Teste do Pezinho na América Latina, e na condição de maior laboratório de triagem neonatal credenciado pelo Ministério da Saúde, já examinou mais de 12 milhões de crianças e permitiu que milhares fossem salvas da deficiência intelectual.

Teste do Pezinho: saiba mais...

O Teste do Pezinho é um exame rápido de prevenção que coleta gotinhas de sangue do calcanhar do bebê com a finalidade de impedir o desenvolvimento de doenças que, se não tratadas, podem levar à deficiência intelectual e causar outros prejuízos à qualidade de vida das pessoas.
Através do Teste do Pezinho básico efetuado no estado de São Paulo podem ser diagnosticadas a Fenilcetonúria, o Hipotireoidismo Congênito, a Anemia Falciforme e demais Hemoglobinopatias.
Para que a prevenção seja possível, a coleta deve ser efetuada na primeira semana de vida da criança e as amostras devem ser enviadas o quanto antes para o laboratório.
O Laboratório APAE de São Paulo foi o primeiro a implantar o Teste do Pezinho no Brasil e na América Latina e hoje é reconhecido como um dos três maiores do mundo nesse segmento, realizando exames para cerca de 300.000 crianças por ano.


Teste do Pezinho: Um Direito dos Brasileiros

A iniciativa da APAE de São Paulo de trazer para o Brasil, em 1976, um exame conhecido na época como “Screening Neonatal” deu origem à lei que conferiu o direito a todo recém-nascido brasileiro de realizar o Teste do Pezinho, através do Programa Nacional de Triagem Neonatal - PNTN. Hoje toda a criança nascida em território brasileiro tem direito ao Teste do Pezinho Básico, totalmente gratuito. Esses exames são realizados em laboratórios oficiais e credenciados pelo Ministério da Saúde e as coletas de sangue são realizadas nas maternidades públicas ou nos postos de saúde.


Dia 6 de junho “Dia Nacional do Teste do Pezinho”

O Governo brasileiro, em reconhecimento ao grande serviço prestado à saúde pública, instituiu o dia 6 de junho como “Dia Nacional do Teste do Pezinho”. O projeto de lei foi proposto pelo Senador Flavio Arns, cuja iniciativa busca instituir uma data comemorativa e lembrar que o exame é um direito de todos os brasileiros.


Conheça os tipos de Teste do Pezinho da APAE de São Paulo:

Teste do Pezinho Básico: composto por três diagnósticos: Fenilcetonúria, Hipotireoidismo Congênito, Anemia Falciforme e demais Hemoglobinopatias.

Teste do Pezinho MAIS: composto por dez diagnósticos: Fenilcetonúria, Hipotireoidismo Congênito, Anemia Falciforme e demais Hemoglobinopatias Deficiência de G-6-PD, Fibrose Cística, Galactosemia, Leucinose, Deficiência de Biotinidase, Hiperplasia Adrenal Congênita e Toxoplasmose Congênita.

Teste do Pezinho SUPER: faz o diagnóstico de 46 patologias, é um dos mais completos Testes de Triagem Neonatal existentes.
O teste SUPER inclui em seu painel, além de 10 doenças dos Testes do Pezinho BÁSICO e MAIS, outros 36 diagnósticos de aminoacidopatias, defeitos do metabolismo dos ácidos graxos e das acidemias orgânicas, realizados através da avançada tecnologia de Espectrometria de Massas – MS/MS Tandem.

Mais informações pelo telefone (11) 5080-7023 ou pela seção fale conosco

fONTE:http://www.apaesp.org.br/ImportanciaPrevencao.aspx

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado

Menina ou Menino? Dois Meninos... Leonardo e Guilherme...

Menina ou Menino? Dois Meninos... Leonardo e Guilherme...