24 de nov de 2010

Como lidar com as amizades dos filhos


As amizades são importantes para o desenvolvimento psicossocial das crianças e possibilitam a aquisição de habilidades no convívio grupal. Esse contato social permite que a criança ou adolescente saiba mais sobre si mesmo e sobre o mundo. O aprendizado é construído na medida em que a criança amadurece, e nesse processo ela apreende noções como limites, respeito, semelhanças e diferenças, competição e solidariedade.

A criança nasce com parte de sua personalidade formada pelos traços genéticos parentais, porém esses traços mudam de acordo com o que a criança vive e com as relações que ela estabelece com o mundo. Tudo o que a criança observa, percebe ou interage irá, em maior ou menor grau, influenciar na formação da sua personalidade. Não se pode deixar de lado o modo como a criança interpreta o que vê e ouve, pois é a sua interpretação da realidade que influencia na formação da sua personalidade

Os filhos devem ser educados com os valores escolhidos pelos pais desde a primeira infância, e não depois de crescidos, no momento em que precisarão fazer isso desses valores. Do mesmo modo deve ser ensinada a escolha de boas amizades - pelo exemplo dos próprios pais. Quando as crianças começam seus laços de amizades, lá pelos 3 ou 4 anos, os pais devem estar presentes, intermediando as relações dos filhos com seus amigos nos momentos de discórdias. Com o tempo, os pais devem se afastar um pouco, assim que perceberem que os filhos conseguem resolver sozinhos suas diferenças com os amigos. Durante a adolescência, a participação dos pais fica bem mais limitada, porém isso não quer dizer que devem distanciar-se. Nesses casos, o diálogo franco e aberto é o melhor caminho para lidarem com as escolhas de amizades dos filhos.

Seja na infância ou adolescência, os pais devem estar sempre atentos as amizades dos filhos. Conhecer os amigos, torná-los próximos da família e manter os limites de respeito não invasivo colaboram nessas relações. Os pais podem interferir nas amizades escolhidas caso percebam que elas são gravemente prejudiciais aos filhos. De qualquer modo, isso deve ocorrer através de um diálogo honesto entre pais e filhos.


Fonte: www.minhavida.com.br

23 de nov de 2010

DEUS



Meu Pai, Deus

Eu agradeço por me lembrar do poder que possuo.

Agradeço por me mostrar que sou protegida, guiada e iluminada pela sua presença divina no mais íntimo do meu ser.

Agradeço, Senhor, por me dar abrigo na tempestade, por endireitar o que esta torto, por criar saídas onde parece não haver escapatória.

Agradeço por me perdoar quando eu não posso ou não quero perdoar a mim mesmo.

Agradeço, Senhor, pela sua compaixão, pela sua graça, pela sua bondade, que estão sempre presentes, sustentando-me nos momentos mais difíceis.

Agradeço, Senhor, por me conceder dois filhos, duas noras e dois netos.

Agradeço, Senhor, pelo convinte especial. Além de ser avó, também ser a madrinha do Leonardo.

Agradeço, Senhor, por colocar no meu caminho uma pessoa especial para cuidar de mim, o Alexandre.

Agradeço, Senhor, pela pessoa que sou.

AMÉM...


THI E NINA - NANDO E MÁ

Agradeço a vocês também, pelos momentos de felicidade. Não sou mais sozinha, tenho agora pedacinhos dos meus filhos, irradiando a casa, e nos sorrisos deles,
encontro a razão de ser feliz e continuar... no curso da vida!!!

OBS>: Afinal, vou ser madrinha do Léo! Nunca imaginei que seria ... EU?! Amei!!!
Ana... obrigada!

OBRIGADA POR FAZEREM PARTE DA MINHA VIDA!!!

Numerologia do Leonardo - relacionado ao nome completo


ELE É UM 4

O bebe 4 é obediente em sua maioria, às vezes tímido, principalmente com desconhecidos.
O bebê 4 pode ser muito exigente. Acostume-se com isso: o bebê 4 pode ser completamente detalhista e ter necessidade de rotina. Até que ter rotina não é tão mal, certo? Mas experimente mudá-la. Este bebê não responderá muito bem a mudanças. Ele pode também ser meticuloso quanto a alimentação, portanto seja simples na hora das refeições, e enquanto estiver amamentando obedeça aos horários que estipulou.

Com exceção destas particularidades, até que o pequeno 4 não é tão difícil de lidar. Um quarto limpo e organizado, uma roupa simples e a certeza de mantê-lo seco, garantirá que ele não chore a toa. Ele também será capaz de ficar entretido por horas com o mais básico dos brinquedos.

É muito maduro e responsável desde pequeno. É voluntarioso mas sabe quais são suas obrigações. As coisas precisam ser ditas uma só vez para que ele aprenda e assuma logo em seguida.

Desde cedo este bebê pode também ser visto como o pequeno ajudante da mãe, porque a necessidade de servir é um traço forte no 4. Dê a ele pequenas tarefas como ajudar a levar o lixo para fora, guardar os talheres na gaveta depois de lavados. Enfim, coisas que estão dentro de sua capacidade e que ele se sentirá feliz por participar das tarefas domésticas. Tem bom coração e é o primeiro a oferecer-se quando seus amigos têm problemas. Às vezes simplesmente gostam de trabalhar, desfrutam ao “dar uma mão” ou ajudar os amigos e querem se ocupar somente disso.

Conforme vão crescendo, essa criança pode se sentir muito bem quando começa a freqüentar a escola, por sua capacidade admirável para memorizar fatos e figuras.É bom estudante, atraído pela investigação, história e tudo que aprenda passo-a-passo, como montar brinquedos. Gosta de disciplina e ordem e tem um grande sentido de integridade. É incapaz de pegar algo que não seja dele, porém pode ter dificuldade em compartilhar o seu com os outros.

Embora seu pequeno 4 seja modesto e reservado ele gosta de ser valorizado pelos seus feitos. Mas fique atento porque não é o caso de sair anunciando para todos quando ele vier com ótimas notas na prova de matemática. Ele não gosta de ficar exposto e futuramente será capaz de escutar elogios sem ficar vermelho e correr para o quarto. De fato, se você encorajar seu 4 desde cedo para reforçar sua auto-estima, ela crescerá mais aberto emocionalmente, e se permitirá demonstrar seus sentimentos e emoções.

Como com todo outro número, você deve ajudá-lo a eliminar qualquer traço negativo antes que eles se tornem hábitos que serão difíceis de abandonar. Por exemplo, não deixe a organização natural de seu pequeno 4 transformar-se em uma fixação, tornando-o muito meticuloso. Para os pais, é quase um sonho ter uma criança que deixa tudo organizado, mas você não deseja ter um chato em casa que vive reclamando dos irmãos que desarrumam suas coisas, certo?

Ajude seu filho a expressar sua natureza disciplinada, utilizando sua imaginação para brincar e jogar, sem compromisso, e assim lhe proporcionar uma infância saudável, sem tanto rigor. Ajude-o também a não exigir a perfeição, que têm como meta para as suas vidas, dos outros que estão à sua volta. Vamos lá, ajude-o a relaxar. Trate-o com carinho e afeto o que irá torná-lo menos travado para algumas situações.


Fonte: http://aparecidaliberato.terra.com.br/calcule4.php

Menina ou Menino? Dois Meninos... Leonardo e Guilherme...

Menina ou Menino? Dois Meninos... Leonardo e Guilherme...